Capela Santa Maria das Vitórias

Missa no rito romano tradicional em Anápolis

Adoremos o Padre, o Filho e o Espírito Santo. Uma bela oração da manhã.

Postado em 01-06-2018

Padre Eterno, eu vos adoro como meu Criador, venero o amor e a bondade imensa que vos levou a olhar para este pobre nada, e a dar-lhe o ser.

Verbo Eterno, eu vos adoro como meu Redentor, que, sendo igual a vosso Pai, vos fizestes, em vossa Mãe, semelhante a nós, revestindo a forma de servo para viver em pobreza, morrer ignominiosamente, mas para ressuscitar para a glória, semelhante a vosso Pai, a fim de nos ensinardes a viver como penitentes, e morrer como réus submissos à sua sentença de morte, a fim de passarmos depois, pela ressurreição, para a glória dos filhos de Deus.

Espírito Divino, eu vos adoro como meu santificador, que destruístes o pecado na minha alma, com o fogo do vosso santo amor, e desceis, a toda a hora, a este acervo de iniquidades, para me infundir a vida de santidade, que hauris no seio do Padre e do Filho, para me fazer participante da sua glória.

***************

Demos graças ao Padre, ao Filho e ao Espírito Santo

Padre Eterno, dou-vos graças por me terdes criado com tanto amor, e conservado com tanta paciência, não obstante os meus pecados, e por me terdes principalmente conservado esta noite, e concedido este dia, para vos servir e louvar.

Filho de Deus, dou-vos graças por me terdes preservado milhares de vezes do inferno com os trabalhos da vossa vida e sofrimentos da vossa morte, e por me terdes os bens, que existem na Igreja.

Espírito Divino, dou-vos graças por vos terdes dignado conceder tantos dons e tantas graças à minha alma, e, apesar do pouco caso que deles fiz, por terdes tantas vezes renovado em mim a vossa vida.

 

Oração usada no seminário de São Sulpício

Apud Chaignon S.J.