Capela Santa Maria das Vitórias

Missa no rito romano tradicional em Anápolis

Orações para a Oitava de Pentecostes

Postado em 06-06-2017

Nestes dias da oitava de Pentecostes sugerimos aos católicos que roguem, por intercessão do Imaculado Coração de Maria, os dons do Espírito Santo e oferecemos as seguintes orações:

Ladainha do Imaculado Coração de Maria

Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.

Pai celeste que sois Deus, tende piedade de nós.
Filho, Redentor do mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.
Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.
Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós.

Coração de Maria, concebido sem pecado, rogai por nós.
Coração de Maria, cheio de graça,
Coração de Maria, bendito entre todos os corações,
Coração de Maria, sacrário  da Santíssima Trindade,
Coração de Maria, semelhantíssimo ao Coração de Jesus,
Coração de Maria, no qual Jesus pôs todas as suas complacências,
Coração de Maria, abismo de humildade,
Coração de Maria, trono de misericórdia,
Coração de Maria, incêndio de amor divino,
Coração de Maria, oceano de bondade,
Coração de Maria, prodígio de pureza e de inocência,
Coração de Maria, no qual o Sangue de Jesus, preço da nossa redenção, foi formado,
Coração de Maria, que apressastes por vossos desejos a salvação do mundo,
Coração de Maria, que obtendes graças para os pecadores,
Coração de Maria, que conservais fidelissimamente as palavras e as ações de Jesus,
Coração de Maria, transpassado por um gládio de dor,
Coração de Maria, acabrunhado de aflição durante a Paixão de Jesus Cristo,
Coração de Maria, pregado à Cruz com Jesus Crucificado,
Coração de Maria, sepultado pela dor com Jesus morto,
Coração de Maria, restuído à alegria pela Ressurreição de Jesus,
Coração de Maria, inundado de inefável consolação na Ascensão de Jesus,
Coração de Maria, cumulado de uma nova plenitude de graças na descida do Espírito Santo,
Coração de Maria, consolação dos aflitos,
Coração de Maria, refúgio dos pecadores,
Coração de Maria, esperança e doce sustentáculo daqueles que vos veneram,
Coração de Maria, socorro dos agonizantes,
Coração de Maria, alegria dos anjos e dos santos,

V. Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo,
R. Perdoai-nos, Senhor.

V. Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo,
R. Ouvi-nos, Senhor.

V. Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo,
R. Tende piedade de nós.

V. Maria Imaculada, mansa e humilde de coração,
R. Fazei nosso coração semelhante ao Coração de Jesus.

Oremos:
Deus clementíssimo, que para salvação dos pecadores e alívio dos desvalidos quisestes que o Imaculado Coração da Bem-aventurada Virgem Maria fosse idêntico em caridade e misericórdia ao Divino Coração de seu Filho Jesus Cristo, concedei-nos, a nós que celebramos esse dulcíssimo e amantíssimo Coração, a graça de – pelos méritos e intercessão da mesma Bem-aventurada Virgem – nos tornarmos conformes ao Coração de Jesus. Por Cristo Nosso Senhor.

Amém.

Prece de Santo Agostinho ao Espírito Santo

Divino Amor, ó vínculo sagrado que unis o Pai e o Filho, Espírito onipotente, fiel consolador dos aflitos, penetrai nos abismos profundos do meu coração e fazei brilhar aí vossa resplandecente luz.

Derramai vosso doce orvalho sobre esta terra deserta, a fim de fazer cessar sua longa aridez. Enviai os dardos celestes de vosso amor até o santuário de minha alma, de modo que nela penetrando acendam chamas ardentes que consumam todas as minhas fraquezas, minhas negligências e meus langores.

Vinde, doce consolador das almas desoladas, refúgio no perigo e protetor na aflição desamparada.
Vinde, Vós que lavais as almas de suas sordícies e curais suas chagas.
Vinde, força dos fracos, apoio daqueles que caem.
Vinde, doutor dos humildes e vencedor dos orgulhosos.
Vinde, pai dos órfãos, esperança dos pobres, tesouro dos que estão na indigência.
Vinde, estrela dos navegantes, porto seguro dos náufragos.
Vinde, força dos vivos e salvação dos moribundos
Vinde, ó Espírito Santo, vinde e tende piedade de mim.

Tornai minha alma simples, dócil e fiel, e condescendei com minha fraqueza. Condescendei com tanta bondade, que minha pequenez ache graça diante de vossa grandeza infinita, minha impotência diante de vossa força, minhas ofensas diante da multidão de vossas misericórdias.

Amém.