Capela Santa Maria das Vitórias

Missa no rito romano tradicional em Anápolis

Questão 54: Do conhecimento angélico.

Considerado o que pertence à substância do anjo, deve se considerar o que lhe diz respeito ao conhecimento. Ora, esta consideração será quadripartita. Assim, primeiro, deve-se considerar o que pertence à virtude cognoscitiva do anjo. Segundo, o que pertence ao meio pelo qual o anjo conhece. Terceiro, o que é conhecido por ele. Quarto, o modo do conhecimento angélico.

Sobre o primeiro ponto cinco artigos se discutem:

Art. 1 — Se o inteligir do anjo é a sua substância.
Art. 2 — Se o inteligir do anjo é a sua essência.
Art. 3 — Se a virtude ou a potência intelectiva do anjo difere da sua essência.
Art. 4 — Se no anjo há os intelectos agente e possível.
Art. 5 — Se os anjos têm somente o conhecimento intelectual.