Capela Santa Maria das Vitórias

Missa no rito romano tradicional em Anápolis

Questão 25: Do objetivo da caridade.

Em seguida devemos tratar do objeto da caridade. E neste assunto, ocorrem duas questões a serem consideradas. Primeiro, do que devemos amar com caridade. Segundo, da ordem no que devemos amar.

Na primeira questão discutem-se doze artigos:

Artigo 1 – Se o amor de caridade só se limita a Deus e não se estende ao próximo.
Artigo 2 – Se a caridade deve ser amada com caridade.
Artigo 3 – Se também as criaturas irracionais devem ser amadas com caridade.
Artigo 4 – Se o homem ama-se a si mesmo com caridade.
Artigo 5 – Se o homem deve amar o seu corpo com caridade.
Artigo 6 – Se devemos amar os pecadores com caridade.
Artigo 7 – Se os pecadores se amam a si mesmos.
Artigo 8 – Se a caridade exige necessariamente que amemos aos nossos inimigos.
Artigo 9 – Se a caridade exige necessariamente que manifestemos aos inimigos sinais ou efeitos da nossa amizade.
Artigo 10 – Se devemos amar os anjos com caridade.
Artigo 11 – Se devemos amar os demônios com caridade.
Artigo 12 – Se se enumerarem convenientemente os quatro objetos que devemos amar com caridade – Deus, o próximo, o nosso corpo e nós mesmos.