Capela Santa Maria das Vitórias

Missa no rito romano tradicional em Anápolis

Questão 154: Das partes da luxúria.

Em seguida devemos tratar das partes da luxúria.

E, nesta questão, discutem–se doze artigos:

Art. 1 – Se foram convenientemente assinaladas seis espécies de luxúria, a saber: a simples fornicação, o adultério, o incesto, o estupro, o rapto e o vício contra a natureza.
Art. 10 – Se o sacrilégio pode ser uma espécie de luxúria.
Art. 11 – Se o vício contra a natureza é uma espécie de luxúria.
Art. 12 – Se o vício contra a natureza é o pecado máximo entre as espécies de luxúria.
Art. 2 – Se a simples fornicação é pecado mortal.
Art. 3 – Se a fornicação é o gravíssimo dos pecados.
Art. 4 – Se os contados e os beijos constituem pecado mortal.
Art. 5 – Se a polução noturna é pecado.
Art. 6 – Se o estupro deve ser considerado uma espécie de luxúria.
Art. 7 – Se o rapto é uma espécie de luxúria distinto do estupro.
Art. 8 – Se o adultério é uma espécie de luxúria, distinta das outras.
Art. 9 – Se o incesto é uma espécie determinada de luxúria.