Capela Santa Maria das Vitórias

Missa no rito romano tradicional em Anápolis

Art. 4 — Se a pessoa de Cristo é composta.

O quarto discute-se assim. — Parece que a pessoa de Cristo não é composta.

1. — Pois a pessoa de Cristo não difere da pessoa ou hipóstase do Verbo, como se demonstrou. Ora, no Verbo não é uma coisa a pessoa e outra, a natureza, como resulta do que foi dito na Primeira Parte. Sendo, pois, a natureza do Verbo simples, segundo se demonstrou na Primeira Parte, é impossível que a pessoa de Cristo seja composta.

2. Demais. — Toda composição se compõe de partes. Ora, a natureza divina não pode incluir a noção de parte, porque toda parte é, por natureza, imperfeita. Logo, é impossível a pessoa de Cristo ser composta de duas naturezas.

3. Demais. — O que é composto de partes há de ser homogêneo com elas; assim de corpos não há de compor-se senão o corpo. Se, pois, há em Cristo uma composição de duas naturezas, essa não será, por consequência, pessoa, mas, natureza.E assim, a união em Cristo ter-se-á sido feita em a natureza. O que é contra o dito antes.

Mas, em contrário, diz Damasceno: Em Nosso Senhor Jesus Cristo conhecemos duas naturezas mas, uma só hipóstase, composta de ambas.

SOLUÇÃO. — A pessoa ou a hipóstase de Cristo pode ser considerada a dupla luz. — Primeiro, quanto ao que essencialmente é. E então, é absolutamente simples, como o é a natureza do Verbo. — De outro modo, segundo a essência da pessoa ou da hipóstase, à qual é próprio subsistir em alguma natureza. E, então, a pessoa de Cristo subsiste em duas naturezas. Por onde embora seja um só ser subsistente tem contudo vários fundamentos o seu subsistir. E assim, a pessoa é chamada composta, enquanto subsiste em duas coisas distintas·

Donde se deduz clara a RESPOSTA À PRIMEIRA OBJEÇÃO.

RESPOSTA À SEGUNDA. — Essa composição da pessoa, de naturezas, não se diz que é em razão de partes; mas antes, em razão de número, como tudo aquilo, em que duas coisas convêm, pode ser considerado composto delas.

RESPOSTA À TERCEIRA. — Não em toda composição verifica-se que o composto é homogêneo com os componentes, mas só quando se trata de partes do contínuo; pois, o contínuo não se compõe senão de contínuos. Mas, o animal se compõe de alma e de corpo, não sendo nenhum deles o animal.