Capela Santa Maria das Vitórias

Missa no rito romano tradicional em Anápolis

Art. 4 ─ Se a ressurreição se dará súbita ou sucessivamente.

O quarto discute-se assim. ─ Parece que a ressurreição não se dará de súbito, mas sucessivamente.

1. ─ Porque a Escritura prediz a ressurreição dos mortos quando diz: Os ossos se chegaram uns para os outros; e olhei, e eis que vieram sobre os tais ossos nervos e carnes para os revestir e neles foi estendida a pele por cima, mas eles ainda não tinham o espírito. Logo, a restauração dos corpos precederá no tempo a sua união com a alma. Portanto, a ressurreição não se dará de súbito.

2. Demais. ─ O que depende de vários atos sucessivos não pode fazer-se subitamente. Ora, a ressurreição depende dos seguintes atos sucessivos: a reunião das cinzas, a reconstituição do corpo e a infusão da alma. Logo, não poderá fazer-se subitamente.

3. Demais. ─ Todo som se mede pelo tempo. Ora, o som da trombeta será a causa da ressurreição, como se disse. Logo, a ressurreição se realizará num certo tempo e não subitamente.

4. Demais. ─ Nenhum movimento local pode ser súbito, como ensina Aristóteles. Ora, a ressurreição supõe o movimento local necessário à reunião das cinzas. Logo, não se dará subitamente.

Mas, em contrário, o Apóstolo: Todos certamente ressuscitaremos num momento, num abrir e fechar de olhos. Logo, a ressurreição será súbita.

2. Demais. ─ Um poder infinito obra subitamente. Ora, Damasceno diz que a ressurreição será um efeito do poder divino, que sabemos ser infinito. Logo, a ressurreição será súbita.

SOLUÇÃO. ─ Para a ressurreição contribuirá em parte o ministério angélico e, em parte, o poder divino, como se disse. Ora, a obra do ministério angélico não será instantâneo, tomando-se o instante como um tempo imperceptível. O poder divino porém obrará subitamente, i. é, ao termo do tempo em que os anjos terminarem a sua obra; porque o poder superior torna perfeita a do inferior.

DONDE A RESPOSTA À PRIMEIRA OBJEÇÃO. ─ Ezequiel, como Moisés, falava a um povo rude. Ora, Moisés dividiu em seis dias a obra da criação, para poder a sua linguagem ser entendida de um povo rude, embora toda ela fosse feita simultaneamente, como ensina Agostinho. Assim também Ezequiel exprimiu como diversas as fases da futura ressurreição, embora todas hajam de realizar-se instantaneamente.

RESPOSTA À SEGUNDA. ─ Embora as operações referidas sejam naturalmente sucessivas umas às outras, são porém temporalmente simultâneas; porque ou se realizam num só instante, ou uma será no instante em que a outra terminar.

RESPOSTA À TERCEIRA. ─ O mesmo se deve dizer desse som, que das formas dos sacramentos; i. é, que o som produzirá o seu efeito no seu último instante.

RESPOSTA À QUARTA. ─ A congregação das cinzas, que não poderá realizar-se sem o movimento local, se fará pelo ministério dos anjos. Por isso se dará num tempo, mas imperceptível, por causa da facilidade de obrar própria dos anjos.