Capela Santa Maria das Vitórias

Missa no rito romano tradicional em Anápolis

Questão 29: Do sacramento da extrema unção.

[ ]

Em seguida devemos tratar do sacramento da extrema unção. Sobre o qual temos cinco questões a discutir. Primeiro, do que lhe é essencial e da sua instituição. Segundo, dos seus efeitos. Terceiro, do seu ministro. Quarto, daquele a quem deve ser conferido e em que parte. Quinto, da sua reiteração.

Na primeira questão discutem-se nove artigos:

Art. 1 ─ Se a extrema unção é sacramento.
Art. 2 ─ Se a extrema unção é um só sacramento.
Art. 3 ─ Se este sacramento foi instituído por Cristo.
Art. 4 ─ Se o óleo de oliveira é a matéria conveniente a este sacramento.
Art. 5 ─ Se é necessário ser o óleo consagrado.
Art. 6 – Se é necessária a matéria deste sacramento ser consagrada pelo bispo.
Art. 7 ─ Se este sacramento tem uma forma.
Art. 8 ─ Se a forma deste sacramento deve ser proferida mediante uma oração indicativa e não deprecativa.
Art. 9 ─ Se a referida oração é a forma própria deste sacramento.