Capela Santa Maria das Vitórias

Sobre o projeto da Capela

O projeto de arquitetura da Associação foi desenvolvido pelo engenheiro Flávio M. P. Gomes e Frederico de Souza Aleixo, sob as diretrizes do pe. João Batista e prof. Marcos Cotrim.

A concepção arquitetônica do projeto foi aproximar-se do estilo das igrejas barrocas do Brasil Colonial, notadamente as de Minas Gerais. Nave única, com presbitério recuado, embora nem tanto. Sacristia ao fundo com acesso ao presbitério por meio de portas laterais, segundo orientação litúrgica de que a entrada e saída do presbitério deve ser em caráter processional. Janelas altas, permitindo iluminação em penumbra, com raios de luz sobre o altar, típico contraste claro-escuro do período barroco.

À frente, no mezanino, o coro e duas salas, para catequese e instrumentos musicais. À direita, a torre com sino, permitindo ainda uma pequena biblioteca no seu andar intermediário.

O projeto paisagístico conta com diversas sugestões e orientações do pe. João Batista, com a colocação de dois pinheiros ao fundo e duas acácias à frente. O acabamento promete ser bem típico do barroco, trazendo as paredes todas caiadas de branco as portas e janelas em madeira pintada de azul.

 

Arquitetura: Fachada frontal e lateral; Corte lateral.

Arquitetura: Planta baixa: inferior e superior; Corte frontal; Telhado.

Estilo do acabamento.

A iluminação interna é a usual. A externa não foi esquecida a valorização das fachadas, cujo projeto decorativo tem como diretriz azulejos portugueses com motivos figurativos representando a história do Beato Pe. Anchieta de um lado e os primeiros bandeirantes em Goiás, principalmente Bartolomeu Bueno da Silva, o Anhangüera. Encontra-se em elaboração.

O projeto estrutural contou com o imprescindível apoio do prof. James Oliveira. Católico e professor da UEG, merece todo a nossa gratidão e nossas orações.

Contamos também com a valiosa colaboração do prof. Miguel Chuquia Neto, que exerceu com proficiência curadoria de estilo, e do Dr. Frederico Fósculo, professor da Faculdade de Arquitetura da UNB, o qual orientou a construção do átrio da Capela Santa Maria das Vitórias.

 

Estrutural: Fundações e superestrutura.

Telhado em estrutura metálica.