Capela Santa Maria das Vitórias

Missa no rito romano tradicional em Anápolis

Art. 5 ─ Se todos os homens comparecerão ao juízo.

O quinto discute-se assim. ─ Parece que nem todos os homens comparecerão ao juízo.

1. ─ Pois, diz o Evangelho: Vós estareis sentados sobre doze tronos e julgareis as doze tribos de Israel. Ora, nem todos os homens pertencem a essas doze tribos. Logo, parece que nem todos comparecerão ao juízo.

2. Demais. ─ O mesmo se conclui do lugar seguinte da Escritura: Os ímpios não ressurgirão no juízo. Ora, muitos são ímpios, Logo, parece que nem todos comparecerão ao juízo.

3. Demais. ─ Os homens serão trazidos a juízo para lhes serem avaliados os méritos. Ora, certos, como as crianças mortas antes da idade de razão, nenhum mérito tiveram. Logo, não é necessário comparecerem a juízo.

Mas, em contrário, a Escritura: Cristo foi constituído por Deus juiz de vivos e mortos. Ora, nessas duas classes estão compreendidos todos os homens, seja como for que os vivos se distinguam dos mortos. Logo, todos comparecerão a juízo.

2. Demais. ─ A Escritura diz: Ei-lo, aí vem sobre as nuvens e todo olho o verá. Ora, isto não seria, se nem todos comparecessem ao juízo. Logo, etc.

SOLUÇÃO. ─ O poder judiciário foi delegado a Cristo homem como prêmio da humilhação que sofreu na sua paixão. Ora, na paixão derramou o seu sangue por todos os homens, o suficiente para se salvarem, embora não produza o seu efeito em todos, por causa do obstáculo que certos lhe opõem. É, pois, conveniente que todos os homens se reúnam no juízo para presenciarem a exaltação de Cristo na sua natureza humana, enquanto constituído por Deus juiz dos vivos e dos mortos.

DONDE A RESPOSTA À PRIMEIRA OBJEÇÃO. ─ Diz Agostinho: Não é pelo fato de Cristo dizer ─ Julgareis as doze tribos. de Israel ─ que a tribo de Leví, que era a décima terceira, não será julgada; ou que os Apóstolos só julgarão o povo judaico e não as outras nações. E assim, nas doze tribos estão compreendidas todas as mais nações, pois todas estas Cristo as chamou a si juntamente com as tribos de Israel.

RESPOSTA À SEGUNDA. ─ O lugar citado ─ Os ímpios não ressurgirão no juízo ─ se o referirmos a todos os pecadores, significa então que não ressurgirão para julgarem. Mas se por ímpios se entendem os infiéis, então o texto significa que não ressurgirão para serem julgados, porque já estão julgados. Mas todos ressurgirão para comparecerem ao juízo e contemplarem a glória do juiz.

RESPOSTA À TERCEIRA. ─ Também as crianças: mortas antes da idade de razão comparecerão ao juízo, não para serem julgadas, mas para presenciarem a glória do juiz.